Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Rasta detido em apartamento

Luís Carlos Santos, – conhecido pela alcunha de ‘Rasta’ –, principal suspeito da autoria material do homicídio do agente da PSP Ireneu Diniz (a 17 de Fevereiro, na Cova da Moura), foi detido anteontem pela Polícia Judiciária numa casa, situada no Casal da Mira, Amadora, comprada expressamente para que se escondesse do cerco montado pelas autoridades policiais.
3 de Abril de 2005 às 00:00
‘Rasta’ passou noites na Cova da Moura
‘Rasta’ passou noites na Cova da Moura FOTO: Pedro Catarino
O negócio de compra do imóvel, situado na Avenida Raul Rego, no Casal da Mira, foi fechado dias depois de ‘Rasta’ ter participado na emboscada contra o jipe em que seguiam o agente Ireneu e o colega, Nuno Saramago – que escapou quase ileso ao ataque.
A PJ, que já terá conseguido traçar o percurso de ‘Rasta’ entre o momento em que a sua identificação foi tornada pública e a sua detenção, investiga agora a proveniência do dinheiro usado na compra da casa.
No entanto, uma coisa parece clara. O apartamento, que Luís Carlos Santos partilhou com um familiar, e a esposa deste, foi adquirido a pronto pagamento. “Resta saber quem disponibilizou o dinheiro”, disse ao CM fonte ligada ao processo.
Recorde-se que Luís Santos é um dos três indivíduos, todos em prisão preventiva, acusados do homicídio de três agentes da PSP da Amadora este ano. Lino, de 20 anos (indiciado também pela morte de Ireneu Diniz), e Marcos Fernandes, de 30, (autor dos homicídios dos agentes Abrantes e Alves), são os outros dois.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)