Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Jato do presidente da Guiné-Bissau tem acidente em Lisboa e fecha aeroporto durante duas horas

Pista encerrou para limpeza de óleo. Vários voos desviados para Porto e Faro.
1 de Julho de 2022 às 18:15
A carregar o vídeo ...
Jato do presidente da Guiné-Bissau tem acidente em Lisboa e fecha aeroporto durante duas horas
O rebentamento de pneus de um jato privado Gulfstream durante a aterragem no "Humberto Delgado" encerrou a pista do aeroporto de Lisboa. Vários voos com destino a Lisboa estão a ser desviados para Porto e Faro. O incidente espalhou óleo na pista, disse ao CM um passageiro que se encontrava dentro de avião com destino a Paris à espera de descolagem. Esta é a informação vinculada pelo comandante da aeronave aos passageiros.

O aparelho acidentado está registado na Florida, EUA, e estará em Lisboa para transportar para a Guiné-Bissau o presidente daquele país africano que se encontra a participar na Conferência dos Oceanos.

A pista de Lisboa, recorde-se, está a registar um tráfego anormal de aeronaves privadas que transportam participantes da Conferência dos Oceanos, da ONU, que encerra esta sexta-feita na capital portuguesa.

A ANA Aeroportos confirmou esta tarde que a operação no "Humberto Delgado" encontra-se suspensa desde as 17h14 devido a uma aeronave imobilizada na pista.

"Esta situação deriva de rebentamento de pneu no trem de aterragem de uma aeronave privada à chegada a Lisboa. A aeronave está a ser removida de modo a que a operação possa retomar o mais rapidamente possível", pode ler-se no comunicado.

A pista de Lisboa reabriu cerca das 19h00, depois de terem sido divergidos 23 voos para o Porto e Lisboa.
Faro Lisboa Porto Humberto Delgado economia negócios e finanças transportes aviação
Ver comentários
}