Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Recluso da prisão de Lisboa apanhado com Netflix na cela

Homem publicou fotos e vídeos nas redes sociais, a mostrar que beneficiava do serviço que o regulamento de cadeias proíbe.
Miguel Curado 24 de Novembro de 2022 às 08:30
Televisão que o recluso tinha na cela
Televisão que o recluso tinha na cela FOTO: Direitos Reservados
Um recluso da cadeia de Lisboa foi apanhado por guardas com uma televisão e um telemóvel com Netflix (serviço pago de televisão e cinema pela Internet), e ainda com seringas e esteroides anabolizantes.

Durante vários dias, o recluso publicou fotos e vídeos nas redes sociais, a mostrar que beneficiava do serviço que o regulamento de cadeias proíbe. Os guardas aperceberam-se e, no início desta semana, fizeram uma busca à cela do detido.

As suspeitas confirmaram-se, com a apreensão de televisão, telemóvel e ainda dos esteroides injetáveis. Já está a ser alvo de um processo disciplinar.

Lisboa Netflix Internet crime lei e justiça prisão
Ver comentários