Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Reclusos de Paços de Ferreira causam pequeno fogo

Um grupo "muito restrito de reclusos" provocou, na segunda-feira, um pequeno incêndio numa ala do Estabelecimento Prisional de Vale do Sousa, Paços de Ferreira, que não provocou feridos, indicou nesta terça-feira a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).  
28 de Maio de 2013 às 13:39

"A DGRSP informa que, ontem [segunda-feira], ao final da tarde, um grupo muito restrito de reclusos danificou um corrimão do Estabelecimento Prisional Regional de Vale de Sousa e incendiou três cobertores", esclareceu aquela entidade, confirmando assim informações não oficiais obtidas pela agência Lusa.

Acrescenta que os focos de incêndio "foram imediatamente extintos e não provocaram ferimentos em ninguém, nem danos materiais em qualquer dos espaços do estabelecimento".

O incidente no Estabelecimento Prisional de Vale do Sousa verificou-se ao sétimo dia de greve nacional de guardas prisionais, que iniciou o protesto devido ao impasse nas negociações com o Governo sobre o estatuto profissional.

Segunda-feira a DGRSP reconheceu o registo de um incidente entre um recluso e um guarda prisional no Estabelecimento Prisional de Setúbal, no domingo, mas negou a ocorrência de qualquer motim.

De acordo com a mesma fonte, o que terá ocorrido terá sido "uma altercação entre um recluso e um elemento do corpo da guarda prisional, que ficou ligeiramente ferido, e um foco de incêndio num colchão de uma cela, que foi imediatamente extinto com os meios disponíveis no estabelecimento prisional".

Na passada semana a ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, garantiu que a ocorrência de qualquer incidente nas cadeias devido à greve dos guardas prisionais será "aturadamente investigado e objeto de inquérito".

paços de ferreira cadeia prisão vale do sousa dgrsp
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)