Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Recolha de lixo: Adesão elevada à greve

A adesão ao segundo de quatro dias de greve que os trabalhadores de limpeza e recolha do lixo da Câmara de Lisboa cumprem esta terça-feira ronda os 95 por cento no caso dos condutores, revelou uma fonte do Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa (STML).
9 de Dezembro de 2008 às 09:38
Recolha de lixo: Adesão elevada à greve
Recolha de lixo: Adesão elevada à greve FOTO: Manuel Moreira

Joaquim Jorge, do STML, informou que das 65 viaturas de recolha de lixo previstas para esta manhã, apenas três estão a funcionar, duas das quais afectas aos hospitais e uma aos mercados.  

 “A adesão à greve mantém-se nos mesmos valores de segunda-feira, pelo  que só estão a ser assegurados os serviços mínimos", referiu o sindicalista, assinalando que relativamente aos cantoneiros de limpeza a adesão à paralisação é de 90 por  cento.

Esta terça-feira cumpre-se o segundo dia de uma greve de quatro dias dos trabalhadores de recolha de lixo e higiene urbana da Câmara Municipal de Lisboa, iniciada segunda-feira, em protesto contra a alegada intenção do município privatizar alguns destes serviços.

António Costa, presidente da CML, considera a greve "extemporânea" por não estar no horizonte do município a privatização de serviços.  

 

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)