Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Rede de droga entre Portugal e Marrocos condenada

O Tribunal de Almada condenou várias pessoas a penas de prisão efetiva entre os quatro e os sete anos no âmbito de um processo de tráfico de droga entre Marrocos e Portugal. 
8 de Julho de 2013 às 13:33

Segundo informação da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa, no âmbito do processo foi possível desmantelar uma rede que se dedicava a trazer haxixe de Marrocos para Portugal, com o auxílio das chamadas 'mulas', que engolem as bolotas de haxixe para depois as expelirem no destino.

A arguida que era vista como a líder do grupo foi condenada a sete anos e seis meses de prisão, enquanto o organizador das viagens foi condenado a seis anos de prisão.

Um outro homem que era organizador e transportador, foi condenado a seis anos e seis meses de prisão, enquanto uma 'mula' com ligações aos líderes do grupo foi condenada a quatro anos e 10 meses de prisão e uma outra transportadora, que também organizava as viagens, foi condenada a seis anos de prisão.

Outras transportadoras foram condenadas a penas de quatro anos e seis meses e de quatro anos e nove meses de prisão, neste caso com suspensão da execução.

Do processo resultou ainda a absolvição de uma arguida.

"Os referidos indivíduos /'mulas' recebiam cerca de mil euros por transporte, que, por norma, era de cerca de um quilo", refere a nota publicada na página da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa na Internet.

droga tráfico rede condenação almada mula pgr
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)