Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Registos ‘perdem’ 1 milhão de armas

Número de armas não corresponde aos documentos oficiais.
João Carlos Rodrigues 10 de Dezembro de 2017 às 09:22
Segundo os registos, há 1,5 milhões de armas de fogo no País
PSP
Arma
Arma de fogo
Segundo os registos, há 1,5 milhões de armas de fogo no País
PSP
Arma
Arma de fogo
Segundo os registos, há 1,5 milhões de armas de fogo no País
PSP
Arma
Arma de fogo
Em Portugal, há livretes que atestam a legalidade de mais de 1,5 milhões de armas de fogo. Mas a PSP, que está a atualizar estes registos, estima que, na realidade, apenas 300 mil armas existam de facto nestas condições. Ou seja, mais de um milhão de pistolas, revólveres ou caçadeiras, entre outras, estão ‘desaparecidas’ ou têm documentos duplicados ou foram registadas sem que existissem na realidade.

De acordo com fontes policiais contactadas pelo CM, muitas destas armas saíram do País ou foram destruídas sem que isso fosse registado no respetivo livrete. Noutros casos, existe mesmo a duplicação do livrete, como acontece com armas de dois canos em que um foi substituído e o registo feito novamente sem que o primeiro fosse anulado.

Estes dados surgem numa altura em que a PSP está a informatizar todos os livretes de armas de fogo. O registo através de livrete existe desde 1949 mas era feito em papel até 2015, ano em que uma portaria do Governo veio obrigar à informatização e atualização destes dados para todos os proprietários de armas. Até agora, já foram registadas cerca de 116 mil armas de acordo com as novas regras.

Pistolas de alarme causam preocupação  
As pistolas de alarme (ilegais em Portugal quando adaptadas a armas de fogo) são facilmente compradas na net. De 2014 até ao primeiro trimestre de 2017, foram apreendidas 6870 destas armas, segundo dados da PSP.

Dois casos por dia
Até ao final de agosto, duas armas de fogo foram roubadas, furtadas ou extraviadas, em média, por dia, este ano, num total de 522.

Apreensões a subir
Em 2014, a PSP apreendeu 1421 armas, em 2015, outras 1697 e no ano passado, 2833. No total das várias polícias, foram apreendidas 4853 armas em 2016, uma média de 13 por dia.
Portugal PSP País Governo questões sociais política defesa armas de fogo
Ver comentários
}