Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Regras restritivas da pandemia acabam nas visitas às cadeias a partir de 1 de novembro

Acrílicos das salas de visita, que separam os reclusos dos seus familiares vão ser retirados.
Correio da Manhã 21 de Outubro de 2021 às 18:49
Prisão
Prisão FOTO: Getty Images

Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso (APAR) divulgou, esta quinta-feira, que as medidas restritivas no âmbito da pandemia da Covid-19 nas visitas às prisões vão terminar a partir do próximo dia 1 de novembro. 

A APAR informou que "os acrílicos das salas de visita, que separam os reclusos dos seus familiares vão ser retirados. A mesma associação esclareceu que "a informação de que a regra dos familiares não puderem tocar nos reclusos, sob pena destes ficarem 14 dias em quarentena, se deveu a uma má interpretação das recomendações dadas". 

As visitas vão recomeçar, normalmente, incluindo uma ao fim de semana. Os reclusos vão poder cumprimentar os familiares, à entrada e saída das visitas. No entanto, devem, durante a visita, manter o distanciamento recomendado pela Direção-Geral da Saúde.

Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso APAR política
Ver comentários