Regulador da Saúde deteta problemas na anestesiologia no Hospital de Guimarães

Unidade hospitalar afirma que tem "apenas 20 médicos especialistas, nem todos em horário completo, e seis prestadores de serviço".
12.09.18
A Entidade Reguladora da Saúde detetou problemas nas escalas de anestesia no Hospital da Senhora da Oliveira, Guimarães, sendo que a própria unidade de saúde reconheceu que o serviço de anestesiologia é um dos mais carenciados.

O regulador analisou a situação no Hospital da Senhora da Oliveira a partir da reclamação de uma parturiente, em fevereiro de 2016, sobre a falta de administração de analgesia epidural durante o trabalho de parto. Em 2017, a Entidade Reguladora teve conhecimento de mais quatro reclamações que "evidenciam a existência de constrangimentos ao nível das escalas de anestesia" naquele hospital.

O próprio hospital, em resposta enviada ao regulador em março deste ano, refere que "o serviço de anestesiologia é um dos mais carenciados", tendo, à data, "apenas 20 médicos especialistas, nem todos em horário completo, e seis prestadores de serviço". Isto, apesar de o hospital ter submetido "vários pedidos de contratação" à tutela.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!