Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Resultados preliminares da autópsia ao corpo de Jéssica indicam que socorro não impediria morte da menina

Criança ficou com lesões muito graves que a levariam sempre a um desfecho trágico.
Tânia Laranjo 23 de Junho de 2022 às 15:23
Criança de três anos foi morta por dívida de bruxaria.
Criança de três anos foi morta por dívida de bruxaria. FOTO: CMTV

Os resultados preliminares da autópsia ao corpo de Jéssica, a menina de três anos que morreu depois de ser violentamente agredida para vingar uma dívida de bruxaria, indicam que as lesões levariam sempre a criança à morte, mesmo que tivesse sido socorrida mais cedo.

A menina esteve cinco dias em casa de uma família, agora suspeita de homicídio. Tita, o marido e a filha foram detidos pelas autoridades. A mãe da menina, Inês, confirmou que pediu à mulher que fizesse bruxaria para o companheiro, Paulo, não a deixar.

Ao que apurou o Correio da Manhã, Jéssica ficou com lesões muito graves que a levariam sempre a um desfecho trágico.

Jéssica crime lei e justiça saúde questões sociais crime morte
Ver comentários
}