Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Revolta pelo comandante

A Direcção dos Voluntários de Lourosa, Santa Maria da Feira, quer mandar embora o comandante José Oliveira – mas a maioria dos bombeiros defende o comandante e ameaça entregar as fardas. O presidente da direcção, Joaquim Cardoso, não volta atrás: “Quem não estiver de livre vontade, que se vá embora”, disse ao CM.
10 de Março de 2006 às 00:00
Bombeiros protestam
Bombeiros protestam FOTO: Pedro Catarino
Os voluntários começaram já a reagir. Depois de não terem conseguido reunir com a direcção, partiram para um abaixo-assinado, subscrito por 62 elementos, a quase totalidade dos elementos do corpo activo, e que foi endereçado ao Ministério da Administração Interna (MAI).
A revolta entre os voluntários é grande, mas o subchefe Carlos Castanheira afirma que não querem chegar ao extremo de “voltar a cruzar os machados” e obrigar à demissão da direcção.
O subchefe pede, por isso, a intervenção do MAI, que tutela os corpos de bombeiros, e “uma revisão urgente dos estatutos, porque esta situação não é só em Lourosa, mas em todo o País”.
O presidente da direcção, Joaquim Cardoso, não se deixa “intimidar por abaixo-assinados” e afirma: “A recondução ou não do comandante é um direito da direcção, que votou unanimemente contra a continuidade de José Oliveira.”
Nega, ainda, que a escolha tenha recaído no sargento-ajudante do Exército Nélson Sousa, conforme avança a Imprensa local. “Foi feita uma abordagem, ele aceitou o convite, mas não há ainda uma decisão final”, garantiu ao CM.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)