Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Rio Maior: Ventos fortes destelharam arrecadações agrícolas

Ventos muito fortes que se fizeram sentir ao final da tarde de sábado na zona de Rio Maior "destelharam alguns armazéns e arrecadações agrícolas" e "arrancaram árvores", disse fonte do CDOS (Comando Distrital de Operações de Socorro) de Santarém.
21 de Agosto de 2011 às 14:35
No local estiveram 13 bombeiros e quatro viaturas
No local estiveram 13 bombeiros e quatro viaturas FOTO: D.R.

Arruda dos Pisões, Boiças, Outeiro da Cortiçada, Quintas e Vale da Rosa, no concelho de Rio Maior, foram as localidades mais atingidas pela "espécie de mini tornado".   

As "rajadas de vento muito forte" fizeram-se sentir pelas 20h30 de sábado, durante "cerca de dez minutos", adiantou à agência Lusa, a mesma fonte. 

"Não há conhecimento de que tenham sido afectadas habitações" nem há registo de feridos, acrescentou.  

Além de terem destruído total ou parcialmente alguns telhados e de terem arrancado árvores, os ventos "arrastaram pelas ruas contentores de lixo" e "muitos detritos", disse um responsável dos bombeiros voluntários de Rio Maior, que deslocaram para a área afectada 13 elementos e quatro viaturas. 

rio maior vento forte mini tornado rajadas destruição armazéns arrecadações agrícolas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)