Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

ROGÉRIO ALVES ELEITO BASTONÁRIO

Rogério Alves foi eleito bastonário da Ordem dos Advogados, sucedendo no cargo a José Miguel Júdice. O novo bastonário, que toma posse no próximo dia 6 de Janeiro, era o mais novo dos três candidatos e prometeu um mandato de inovação, de referência positiva e por uma justiça mais rápida e eficaz.
4 de Dezembro de 2004 às 14:39
Rogério Alves, candidato pela Lista A, venceu com 5.849votos, contra 4.930 para António Marinho Pinto (Lista B) e 4.574 para João Correia (Lista C). As eleições realizaram-se ontem, sexta-feira, e os resultados finais foram anunciados este sábado, ao meio-dia.
No discurso de vitória, se assim se pode designar, o próximo bastonário da Ordem dos Advogados repetiu as promessas de campanha (já referidas) e afirmou que espera do próximo governo (aquele que sair das legislativas antecipadas do próximo ano, provavelmente, em Fevereiro) que lhe apresente uma lista dos problemas da Justiça e que indique quais as medidas que pretende adoptar para concretizar, num espaço de dois a três anos, uma reforma do sector "a sério e sem demagogia".
Licenciado pela Universidade Católica, Rogério Alves, 43 anos de idade, começou a exercer advocacia em 1987 e presidia ao Conselho Distrital de Lisboa da Ordem dos Advogados, que representa quase metade da classe. Foi ainda vogal do Conselho Distrital de Lisboa e membro da Comissão Nacional de Estágio da OA.
Rogério Alves tornou-se conhecido do grande público como defensor de casos mediáticos, como o de tráfico de droga que envolve os irmãos Pinto; e ganhou ainda maior visibilidade como porta-voz da OA nos esclarecimentos televisivos sobre os meandros do processo Casa Pia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)