Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Rouba 500 mil euros através da Internet

Pirata informático de Lisboa lesou firmas portuguesas e não só.
Sérgio Pereira Cardoso e Liliana Rodrigues 30 de Julho de 2020 às 08:41
Burla informática
Burla informática FOTO: Getty Images
A Polícia Judiciária de Braga deteve um homem, de Lisboa, que lucrou mais de 500 mil euros através de crimes informáticos - quer por acesso a cartões de crédito, quer através de reproduções de emails de empresas a cobrar determinadas quantias.

O caso chega ao Minho depois de ter sido apresentada uma queixa por parte de um empresário da região. A investigação da Judiciária acabou por chegar ao pirata informático que tinha, pelo menos, dois métodos de atuação. Um passava por aceder a dados de cartões de crédito, conseguindo lesar diretamente particulares e empresas. A outra era realizada com invasão e falsificação de emails.

Ou seja, começava por ter acesso às caixas de correio eletrónico de determinadas firmas e conseguia ver os emails recebidos, alguns dos quais com cobranças de pagamentos. Conseguia imitar na perfeição esses mesmos documentos e voltava a enviá-los , por exemplo, com referências multibanco diferentes. Rapidamente, o suspeito conseguiu arrecadar mais de meio milhão de euros a empresas e particulares portugueses e estrangeiros. Teve a ajuda de um grupo de amigos, com quem dividiu e dissimulou o dinheiro que sacou pela internet.

Foi apanhado pela Polícia Judiciária, na terça-feira, e é suspeito de vários crimes contra o património, crimes informáticos e de branqueamento. A investigação prossegue, até para eventualmente chegar aos cúmplices deste homem, que foi ainda esta quarta-feira presente a tribunal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)