Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Rouba armário à Câmara do Porto

Amaro Correia foi condenado a três meses de suspensão. Executivo fala em "vergonha"
28 de Maio de 2013 às 01:00

Roubou um armário da Câmara Municipal do Porto e sem autorização usou uma carrinha da autarquia para o transportar até Barcelos. Amaro Correia, responsável pela gestão e manutenção do edifício dos Paços do Concelho, foi alvo de um processo disciplinar, sendo recentemente suspenso durante três meses. A câmara diz-se "envergonhada" com a conduta.

O caso remonta a agosto de 2011. De acordo com o relatório da autarquia, Amaro Correia pediu a outro colega para carregar a carrinha com bandeiras velhas e um armário, de património municipal, avaliado em 500 euros. Depois conduziu o veículo até Carreira, Barcelos, onde descarregou o móvel. No regresso ao Porto, pela A28, conduziu de forma "perigosa e arriscada" e quase provocou um acidente. O caso só foi descoberto pois um automobilista sentiu-se revoltado com a condução e fez queixa na câmara. O funcionário nunca fez o registo da entrada e saída do veículo, nem pediu autorização para a deslocação.

ROUBO FURTO ASSALTO PORTO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)