Rouba dinheiro em mercearia e é apanhada ao fugir a pé

Roubou 40 € de caixa registadora e foi perseguida pelo dono de estabelecimento, em Aveiro.
Por Paulo Jorge Duarte|13.01.19
Rouba dinheiro em mercearia e é apanhada ao fugir a pé
Foto Direitos Reservados

Uma mulher de 30 anos foi este sábado perseguida por um comerciante, de 65, ao longo de três quilómetros, em Cacia, Aveiro, e apanhada na posse de 40 euros que, minutos antes, tinha furtado.

Falando em espanhol, a mulher pediu uma sandes a Vítor Lopes, dono de uma casa de petiscos e mercearia. Enquanto este preparava a sandes, a mulher foi à caixa registadora e retirou 40 euros.

O comerciante ouviu o som da gaveta a fechar e percebeu que tinha sido roubado. Ao questionar a mulher, esta colocou-se em fuga, a pé. De imediato, o comerciante perseguiu-a. "Ela tentou apanhar um táxi e pedir boleia a um ou outro carro, mas não conseguiu. Eu não desisti e acabei por conseguir apanhá-la e segurá-la até à chegada da patrulha da GNR", disse Vítor Lopes ao Correio da Manhã.

Aos militares, a mulher, falando então em português, disse inicialmente que só tinha pegado em 15 euros, mas depois acabou por confessar o furto dos 40 euros, devolvendo-os.

A mulher foi levada para o posto da GNR de Cacia, onde foi identificada e interrogada. Vai agora aguardar em liberdade o desenrolar do processo.

PORMENORES
Diferença de idades
Apesar de haver uma diferença de 35 anos entre os dois, perseguida, 30, e perseguidor, 65, Vítor Lopes demonstrou excelente forma física, já que, ao longo de três quilómetros, nunca perdeu a mulher de vista, acabando por conseguir alcançá-la e retê-la.

Mercearia antiga
O furto ocorreu ontem de manhã numa mercearia antiga, na zona de Cacia, onde também se servem vinhos e petiscos. A mulher tentou aproveitar o momento em que o comerciante fazia uma sandes para roubar 40 euros.



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!