Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Roubada ambulância do INEM

Uma ambulância do INEM foi roubada segunda-feira na avenida Almirante Reis, Lisboa, enquanto a equipa socorria uma vítima, disse fonte da PSP.
16 de Fevereiro de 2007 às 00:00
Segundo a PSP, a viatura estava estacionada em frente ao Centro Comercial Portugália, com as luzes accionadas, quando um estrangeiro a roubou. O homem acabou por ser interceptado na avenida da República e detido. Está em liberdade com apresentações às autoridades.
Pedro Coelho dos Santos, do INEM, considerou a situação “inacreditável” e “lamentável”, lembrando que podia colocar em causa a sobrevivência da vítima. Adiantou que foi a primeira vez que uma ambulância própria do INEM foi roubada. Por norma, as ambulâncias quando estão em serviço são deixadas ligadas, pois há que sinalizar que a viatura está em emergência, com as luzes rotativas azuis ligadas.
Pedro Coelho dos Santos contou que a ambulância foi chamada às 13h53 para socorrer uma mulher vítima de doença súbita, tendo chegado ao local cinco minutos depois. Por volta das 14h18, quando os tripulantes desciam com a doente, de 35 anos, verificaram que a ambulância não estava no local.
“Foi de imediato avisada a PSP que interceptou a ambulância pelas 14h33 junto ao Campo Grande”, adianta o instituto. Na sequência do roubo, o INEM enviou uma segunda ambulância para o local, que chegou às 14h26. A doente foi para o Hospital de São José, em situação estável.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)