Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Roubado e sovado à porta do banco

Bruno Manuel Gomes preparava-se logo pela manhã para depositar cerca de 70 mil euros da empresa de entregas SEUR numa dependência do BPI, na zona industrial de Moreira da Maia. O empregado nunca chegou a fazê-lo porque a poucos metros da porta, para o roubar, três homens encapuzados sovaram-no violentamente com tacos de basebol.
22 de Dezembro de 2008 às 23:06
O lojista Américo Silva assistiu à agressão do trio mesmo à porta da dependência do BPI
O lojista Américo Silva assistiu à agressão do trio mesmo à porta da dependência do BPI

A vítima, de 33 anos, teve de ser transportada pelo INEM para o Hospital Pedro Hispano, Matosinhos, com hematomas graves na cabeça e no joelho. Fez exames médicos e teve alta clínica durante a tarde.

Em menos de meio minuto e sem ter como se defender, Bruno foi vergastado pelos jovens com três tacos de basebol em várias zonas do corpo, sendo que estes ainda o empurraram para cima da dianteira de um Wolkswagen Polo estacionado no local. O empregado da SEUR, cujas instalações ficam a menos de 200 metros do banco, tinha uma mala com uma elevada maquia.

"Ficou a sangrar bastante da cabeça, mas esteve sempre consciente ", disse ao CM Américo Silva, lojista de um estabelecimento nas imediações do banco.

"Vi um Opel Astra cinzento a andar devagarinho mesmo aqui à frente. De repente, abrem-se as portas e saem três homens encapuzados, um deles de gorro vermelho. O quarto elemento ficou no carro", acrescentou.

A testemunha ainda estranhou a inusitada baixa velocidade do automóvel dos assaltantes. "Fez uma fila enorme de carros atrás. Chegou a parar e quando estavam a acabar o roubo ele começou a andar outra vez", disse Américo. Os ladrões fugiram em direcção às Guardeiras.

Mais adiante, outra testemunha contou que viu os jovens a tirar os gorros da cabeça. Os assaltantes têm idades entre os "20 e os 25 anos e estavam a sorrir".

APONTAMENTO

LOCAL INSEGURO

Segundo o que um lojista disse ao ‘CM’, a zona industrial da Maia tem sido palco de vários assaltos armados. Os supermercados Pingo Doce têm sido vítimas constantes, bem como várias residências. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)