Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Roubado oito vezes

O café Saco do Café, em Lomar, Braga, foi assaltado duas vezes seguidas, nas madrugadas de anteontem e de ontem. O que se junta a uma meia dúzia de roubos de que tinha sido alvo desde o início de 2006, altura em que abriu as portas.
16 de Fevereiro de 2010 às 00:30
O Saco do Café, em Lomar, Braga, foi assaltado duas vezes em dois dias
O Saco do Café, em Lomar, Braga, foi assaltado duas vezes em dois dias FOTO: Secundino Cunha

"Isto é um desespero. A gente chega a um ponto que nem sabe o que há-de fazer", disse ao Correio da Manhã enquanto era colocado o segundo vidro em dois dias, Elizete Ferreira, proprietária do estabelecimento que já foi assaltado por oito vezes em quatro anos.

Na madrugada de domingo, o vidro da porta foi partido com dois paralelos, mas nada foi roubado. Tudo indica que os ladrões se tenham assustado, ou com o toque do alarme ou com algum carro que tenha passado no local. Ontem voltaram, mas com outra determinação. Não partiram o vidro da porta, que entretanto tinha sido substituído, mas estilhaçaram o do lado.

O alarme tocou pelas 04h15, mas os ladrões agiram rapidamente. De tal forma que, cinco minutos depois, quando a Polícia chegou ao local, os assaltantes já tinham fugido. Levaram do Saco do Café um LCD, a gaveta da caixa-registadora, e mais de 700 euros em tabaco.

"O que não conseguiram fazer no primeiro, fizeram no segundo assalto", disse Elizete Ferreira, sublinhando que "eles só tiveram azar numa coisa: é que a gaveta tinha pouco mais de dois euros em moedas de dois e cinco cêntimos". A comerciante que, em apenas dois dias gastou mais de 800 euros só em vidros, admite que a solução para esta vaga de assaltos passe pela colocação de um gradeamento amovível à volta de todo o café. A PSP está a investigar o caso.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)