Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Roubados três bancos num dia

Três bancos da Grande Lisboa foram ontem assaltados. Dois quase em simultâneo de manhã no concelho de Sintra e um outro à hora do almoço na Alta de Lisboa.
27 de Agosto de 2008 às 00:30
Millennium BCP na Tapada das Mercês e Santander Totta de São João das Lampas foram duas das dependências assaltadas
Millennium BCP na Tapada das Mercês e Santander Totta de São João das Lampas foram duas das dependências assaltadas FOTO: Manuel Moreira

Às 09h3o dois homens armados entraram no Millennium BCP da Tapada das Mercês. Menos de cinco minutos depois, outros dois indivíduos, também com armas de fogo, roubaram a agência do Santander Totta de São João das Lampas. Pelas 13h00, o Banif da Alta de Lisboa foi alvo de um assalto perpetrado por um homem armado.

"Só vi um homem passar pela minha esquerda e entrar dentro do balcão", disse Sónia Teixeira, que estava na fila do Millennium da Tapada das mercês para efectuar um depósito.

Segundo a testemunha, o assaltante ameaçou uma funcionária com uma arma "pequena" – uma pistola ou um revólver.

"Ele pediu o dinheiro da caixa e um outro, que estava junto à porta do banco, mandou-nos [aos clientes] encostar à parede", referiu Sónia Teixeira.

Segundo a vítima, o assaltante que se encontrava dentro do balcão apenas levou o dinheiro de uma das caixas e 170 euros que um cliente estava a depositar. No total, o montante do assalto foi de apenas 750 euros.

Os assaltantes usavam luvas e tinham "uma espécie de meia sobre o rosto".

"Já na posse do dinheiro, o homem que estava dentro do balcão foi ter com o outro e saíram os dois. Foi tudo muito rápido, mas eles estavam calmos. Não fugiram a correr, limitaram-se a sair a andar calmamente", disse Sónia Teixeira.

A PSP foi alertada assim que os assaltantes abandonaram o local. Mal os agentes tinham chegado ao Millennium das Mercês, já estavam a ser alertados para o assalto à agência do Santander Totta de São João da Lampas. Este último roubo foi consumado por dois homens armados, mas que se encontravam de cara descoberta.

MILLENNIUM BCP MAIS PROCURADO PELOS LADRÕES

Dos treze bancos que este ano já tiveram balcões assaltados, o Millennium BCP lidera o número de ocorrências, com quinze assaltos. Segue-se a Caixa Geral de Depósitos, com 13, o Montepio Geral e o BPI, com 12 assaltos nos primeiros seis meses de 2008.

Já no que refere aos montantes levados pelos assaltantes, o Santander Totta apresenta o maior prejuízo. Os ladrões levaram 85 mil euros em oito assaltos perpetrados, cinco dos quais em Lisboa. Da Caixa Geral de Depósitos foram roubados 66 mil euros e dos cofres do Banif saíram 48 mil euros. O BES foi roubado em sete dependências, quatro das quais em Setúbal, com um prejuízo de 45 mil euros. O Banco Brasil, com apenas um roubo, perdeu oito mil euros.

SUCEDEM-SE CASOS APÓS SEQUESTRO NO BES

Desde o dia 7 de Agosto, quando vários clientes e funcionários estiveram sequestrados no BES de Campolide, registaram-se dois assaltos a bancos na área de Lisboa. O primeiro foi no dia 13, quando as autoridades policiais conseguiram capturar um gang que tinha acabado de assaltar a dependência do Millennium BCP de Olival Basto, em Odivelas. No dia seguinte foi a vez de um homem sozinho que, com recurso a uma arma de fogo, assaltou a dependência do Banco Popular da avenida Visconde Valmor, no centro de Lisboa. Ontem os bancos voltaram a ser alvo privilegiado dos assaltantes.

APONTAMENTOS

TAPADA DAS MERCÊS 

Após o assalto ao Millennium BCP, os clientes viram os ladrões abandonarem o local a pé, desconhecendo-se se tinham alguma viatura próximo.

SÃO JOÃO DAS LAMPAS

Os dois homens que assaltaram o Santander Totta fugiram em carros separados. Testemunhas conseguiram tirar a matrícula a um dos veículos.

ALTA DE LISBOA

Segundo testemunhas, o homem que roubou o Banif tem entre 20 a 25 anos.

Ver comentários