Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Roubam 66 mil euros de café solidário nas Caldas da Rainha

Ladrões subiram ao telhado e levaram 33 mil euros em dinheiro e outros 33 mil em raspadinhas.
Francisco Gomes 23 de Fevereiro de 2021 às 01:30
Rui Vicente e Paula Cristina , funcionários do Caldas Bar, temem pelos seus empregos após o assalto
Rui Vicente e Paula Cristina , funcionários do Caldas Bar, temem pelos seus empregos após o assalto FOTO: Carlos Barroso
Um café nas Caldas da Rainha - cujo dono tem distribuído centenas de bifanas a quem tem fome e não tem dinheiro para pagar, além de oferecê-las aos profissionais de saúde do hospital da cidade - foi assaltado na madrugada de ontem, tendo os ladrões levado mais de 66 mil euros em dinheiro e raspadinhas.

“Tinha 33 400 euros em dinheiro no cofre e perto de 33 mil em maços de raspadinhas. Não levaram as que estavam penduradas, só os maços inteiros por abrir. Faço revenda por isso tenho muitas raspadinhas guardadas e o dinheiro que estava no cofre era para ser depositado no banco”, contou ao CM Emanuel Chamusco, dono do Caldas Bar, adiantando que vai fechar o estabelecimento.

“Não aguento, não tenho hipótese nenhuma. Estou completamente desesperado, lutei tanto para ter uma vida melhor e de repente fico sem nada”, lamentou-se o empresário, que dá emprego a duas pessoas. Rui Vicente e Paula Cristina temiam também ontem perder o posto de trabalho.

A PJ esteve no local a recolher indícios. Os autores do assalto terão subido ao telhado e acedido à janela da casa de banho, virada para as traseiras do café. Partiram a maçaneta e entraram. “Vinham preparados com alicates para cortar os cabos da videovigilância e levaram a gravação”, contou a vítima.

Um movimento solidário está a gerar-se na região das Caldas da Rainha para ajudar o empresário, conhecido pelas atitudes solidárias e que se encontra agora em apuros. Foi criada uma conta bancária para a recolha de donativos que possam minimizar os prejuízos.


Ver comentários