Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Rúben diz que filhos de embaixador "têm de ser julgados"

Jovem deu entrevista exclusiva à CMTV. Diz que passou por momentos "difíceis de esquecer".
22 de Setembro de 2016 às 20:12
Embaixador iraquiano enviou flores à família de Rúben
Jovem foi agredido pelos filhos do Embaixador do Iraque
Jovem está a recuperar em casa dos avós
Jovem sofreu várias intervenções cirúrgicas
Rúben já deu os primeiros passos, mas a recuperação ainda  vai ser longa
Jovem sofreu um traumatismo craniano e teve que fazer uma reconstrução facial
Jovem celebra 16.º aniversário em casa
Os gémeos iraquianos Haider e Ridha, de 17 anos
Rúben Cavaco foi agredido após deixar a namorada em casa
Embaixador iraquiano enviou flores à família de Rúben
Jovem foi agredido pelos filhos do Embaixador do Iraque
Jovem está a recuperar em casa dos avós
Jovem sofreu várias intervenções cirúrgicas
Rúben já deu os primeiros passos, mas a recuperação ainda  vai ser longa
Jovem sofreu um traumatismo craniano e teve que fazer uma reconstrução facial
Jovem celebra 16.º aniversário em casa
Os gémeos iraquianos Haider e Ridha, de 17 anos
Rúben Cavaco foi agredido após deixar a namorada em casa
Embaixador iraquiano enviou flores à família de Rúben
Jovem foi agredido pelos filhos do Embaixador do Iraque
Jovem está a recuperar em casa dos avós
Jovem sofreu várias intervenções cirúrgicas
Rúben já deu os primeiros passos, mas a recuperação ainda  vai ser longa
Jovem sofreu um traumatismo craniano e teve que fazer uma reconstrução facial
Jovem celebra 16.º aniversário em casa
Os gémeos iraquianos Haider e Ridha, de 17 anos
Rúben Cavaco foi agredido após deixar a namorada em casa
Rúben Cavaco deu à CMTV a primeira entrevista após as agressões. O jovem conta os momentos difíceis que tem passado desde que, em agosto, foi agredido barbaramente em Ponte de Sor, pelos dois filhos do embaixador do Iraque em Portugal. Rúben pede que seja feita justiça.

"Se me fizeram isto têm de ser julgados. [...] Que aprendam que não se deve fazer isto", declarou. 

O jovem de 16 anos, que passou várias semanas em risco de vida no hospital de Santa Maria, conta as memórias que tem do incidente e afirma que não conhecia os agressores: "nunca os tinha visto em Ponte de Sor", mas soube depois que "um já está cá há um ano", relatou à CMTV.

Sobre os momentos pelos quais passou, diz que "são coisas difíceis de esquecer". 

A mãe de Rúben, Vilma Pires, na mesma entrevista, fala em episódio bárbaro: "Foi uma barbaridade tremenda e nunca foi em legítima defesa", garantiu, acrescentando que "não é fácil ver um filho na situação em que estava, sem saber se vivia ou se morria. São marcas que ficam".


Rúben Cavaco Iraque Lisboa Ponte de Sor
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)