Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Ruído leva GNR a proibir prova que atraiu milhares a Vila do Conde

Campeonato de drift não se realizou, uma vez que faltava uma licença no espaço.
Ana Isabel Fonseca 27 de Abril de 2019 às 22:32
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
A primeira prova do Campeonato de Portugal de Drift - modalidade que passa por fazer deslizar os carros nas curvas - foi este sábado cancelada na pista de Guilhabreu, Vila do Conde.

A GNR recebeu uma queixa por causa do barulho no local, e já no terreno os militares perceberam que o espaço onde ia decorrer a prova não tinha uma licença de ruído emitida pela autarquia.

Para os dois dias da prova, que terminaria hoje, eram esperadas cerca de 4 mil pessoas, algumas delas de Espanha. A revolta fez-se sentir, em especial nas redes sociais.

O campeonato é autorizado pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting.

A parte desportiva da prova era organizada pelo Clube Automóvel do Minho (CAM), que foi nomeado para o efeito, mas cabia ao detentor do espaço onde a prova ia decorrer emitir as licenças.

"Isto tem um impacto muito negativo, em especial no que diz respeito às expectativas dos pilotos. Teremos que agendar uma nova prova", disse ao CM Tiago Braga da Cruz, que faz parte do CAM.

Este sábado, nas redes sociais foi ainda divulgado que o valor dos bilhetes seria devolvido.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)