Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Rusga ao alterne apanha ilegais

Já tinham sido avisadas mas não cumpriram a ordem para se legalizarem. Uma dezena de mulheres detectadas em bares de alterne, na zona de Quarteira, receberam ontem ordem para abandonar o País através do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

26 de Outubro de 2008 às 00:30
Inspectores do SEF identificaram 126 estrangeiros, a grande maioria mulheres em casas de alterne
Inspectores do SEF identificaram 126 estrangeiros, a grande maioria mulheres em casas de alterne FOTO: Nuno Jesus

Os movimentos sensuais das mulheres contrastavam com a posição firme dos militares da GNR e inspectores do SEF, ASAE e Direcção-Geral de Alfândegas (DGA), que participavam na operação nocturna. Ao que o CM apurou, as mulheres são de origem brasileira, países do Sul da América e Leste europeu.

No total foram identificados 126 estrangeiros, notificados doze para abandono do País e quatro para comparência no SEF.

O objectivo era também encontrar armas proibidas conectadas a eventuais crimes. Para isso foram fiscalizados 16 estabelecimentos e 111 viaturas. Foram ainda sujeitos ao teste de álcool 62 condutores, resultando na detenção de três deles (dois por condução ilegal e um com um nível de álcool de 2,18 gr/l). A ASAE levantou ainda quatro autos por irregularidades em estabelecimentos.

Participaram 66 militares da GNR, dois inspectores da ASAE, sete do SEF e dois da DGA.

À mesma hora decorria uma operação conjunta da DGA, GNR, PSP e PJ, junto à Ponte do Guadiana, em V. R. Sto. António, onde o ponto alto foi a fiscalização de um autocarro vindo de Algeciras. O CM sabe que, pelo menos, uma pessoa foi detida por transportar cinco frascos de marijuana.

ARMA APREENDIDA EM CARRO

Os acessos às localidades de Carvoeiro (concelho de Lagoa), Algoz e Armação de Pêra (no município de Silves) foram controlados pela GNR na madrugada de ontem. Da operação resultou a detenção de seis indivíduos, cinco por condução sob o efeito do álcool e um por posse de arma proibida, um bastão extensível que tinha no carro.

Foram ainda levantados 18 autos de contra-ordenação por diversas infracções à legislação rodoviária (incluindo excesso de álcool), três muito graves, cinco graves e dez menos graves. Foi também apreendida uma pequena quantidade de haxixe (0,6 gr.), seguindo o auto de contra-ordenação para a Comissão de Dissuasão da Toxicodependência.

A operação envolveu 22 militares da GNR e decorreu entre as 23h00 de anteontem e as 05h00 de ontem.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)