Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

SABORES À MESA

A 11.ª edição da ‘Cozinha dos Ganhões’, um certame gastronómico promovido pela Câmara Municipal de Estremoz, cuja realização está agendada para o último fim-de-semana de Novembro, irá decorrer no novo pavilhão do Parque de Feiras e Exposições da cidade, orçado em dois milhões de euros.
22 de Novembro de 2003 às 00:00
Segundo a edilidade, este espaço, a ser inaugurado oficialmente em Abril de 2004, permitirá receber anualmente uma série de “feiras temáticas e, assim, ajudar ao desenvolvimento do tecido económico local, projectando os produtos e as empresas da região”.
Por outro lado, “a Câmara de Estremoz tem vindo a desenvolver uma série de contactos com o intuito de cativar os potenciais investidores para a região de forma a contribuir para a eliminação da taxa de desemprego que, não sendo das mais altas, é no entanto sentida junto dos jovens, nomeadamente naqueles que acabaram a sua licenciatura”, salientou o presidente da edilidade.
Segundo Luís Mourinha, a zona industrial da cidade terá em breve condições para albergar indústrias de dimensão considerável que “deverão significar a criação de cerca de 200 postos de trabalho”. Entretanto, a indústria extractiva, uma das molas reais da economia local, parece estar já em recuperação.
'SEGREDOS'
TURISMO
O turismo no concelho de Estremoz tem vindo a dar mostras de vitalidade. Dentro em breve irá surgir na cidade uma unidade hoteleira de cinco estrelas e estão em fase de discussão uma série de projectos de animação turística para os castelos de Veiros e Évoramonte.
O GANHÃO
Há 40 anos, os Ganhões eram os homens que trabalhavam nas herdades e na lavoura (sementeiras, azeitona, etc.). Trabalhavam de sol a sol e só iam a casa aos domingos. Ganhavam entre 50 a 60$00 por mês.
TASCAS E DOCEIRAS ESPERAM MILHARES DE VISITANTES
A 11.ª edição da ‘Cozinha dos Ganhões’, onde serão apresentadas as especialidades gastronómicas do concelho de Estremoz, vai decorrer de 28 a 30 de Novembro.
O certame, em que vão estar representadas algumas freguesias do concelho com as suas tasquinhas, recebe anualmente alguns milhares de visitantes em procura da “rica gastronomia da região” e decorre este ano num espaço diferente, no novo Parque de Feiras de Estremoz.
Para o vereador responsável pela mostra, “a edição deste ano aposta claramente na qualidade em detrimento da quantidade, já que optámos por ter menos tasqueiros, mas criar melhores condições para eles promoverem e ‘cozinharem’ os produtos típicos da região”.
A iniciativa, organizada pelo município local, inclui na edição deste ano a participação de oito tasquinhas e cinco doceiras. As grandes características da gastronomia alentejana representada no certame são essencialmente as sopas de pão condimentadas com as ervas aromáticas e as carnes de porco, borrego e as aves de caça.
O programa inclui ainda animação cultural durante as três noites com a actuação do Grupo Coral e Etnográfico de Viana do Alentejo (sexta-feira e domingo) e o Grupo Coral ‘Os Rurais de Ferreira do Alentejo’ (sábado).
A COZINHA
A Cozinha dos Ganhões era uma casa grande, onde havia uma enorme chaminé. À volta do lume estavam grandes panelas de ferro. Havia uma mesa de madeira muito comprida, com bancos de correr à volta, onde se sentavam os Ganhões, trabalhadores agrícolas.
A ceia era a refeição principal e constava normalmente de um cozido de legumes com batatas e hortaliças, grão ou feijão, preparado com gorduras.
Ver comentários