Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Sai da cadeia e rouba 20 jovens

Durante sete meses, um homem de 28 anos espalhou o terror na Baixa do Porto. Abordava mulheres jovens, na maioria estudantes, e apontava-lhes uma navalha à barriga. Exigia dinheiro e todos os valores que estas traziam. Quando alguma vítima resistia, era barbaramente agredida. Em muitos dos casos, as vítimas, 20 no total, foram obrigadas a deslocarem-se a multibancos, escolhidos pelo agressor, para fazerem levantamentos de 200 euros.

23 de Dezembro de 2011 às 01:00
Homem obrigava as mulheres, a maioria estudantes, a ir até aos multibancos levantar 200 euros
Homem obrigava as mulheres, a maioria estudantes, a ir até aos multibancos levantar 200 euros FOTO: Manuel Vitoriano

O homem, que saiu da cadeia em Maio – condenado por crimes semelhantes –, foi anteontem detido pela PSP do Porto numa residencial, na rua Cimo de Vila, na zona da Batalha. Ontem, 17 das vítimas foram à esquadra reconhecer o agressor. Muitas emocionaram-se ao recordar os momentos de terror que viveram. Presente ao Tribunal de Instrução do Porto, o suspeito ficou em prisão preventiva.

As averiguações da Divisão de Investigação Criminal da PSP já decorriam há cerca de um mês. Muitas das jovens foram atacadas na rua de Santa Catarina, na zona dos Clérigos ou junto à Avenida dos Aliados. As descrições do agressor, feitas pelas vítimas à polícia, levaram as autoridades a suspeitarem de que se tratava do mesmo homem que tinha deixado a cadeia durante o mês de Maio.

Durante a detenção, a PSP fez ainda uma busca à residencial e apreendeu alguns dos materiais que o ladrão, ex-toxicodependente, roubou às vítimas.

PORTO ASSALTO ROUBO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)