Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Homem sai do autocarro e esventra rival

Vítima fazia espera ao agressor, namorado de uma prima, em Loures.
João Tavares 15 de Setembro de 2018 às 01:30
Agressor foi detido pela PSP
PSP
PSP
Agressor foi detido pela PSP
PSP
PSP
Agressor foi detido pela PSP
PSP
PSP
Insatisfeito com a relação amorosa que uma prima mantinha com um vizinho, um homem de 35 anos decidiu fazer uma espera ao seu rival, de 38, à entrada do bairro do Catujal, em Loures. Aguardou numa paragem até ao momento em que o homem desceu do autocarro. Só não esperava que este o atacasse com uma faca, acabando por esventrá-lo. A vítima acabou por dar entrada em estado grave no Hospital de São José, em Lisboa. Já o agressor foi detido no local pela PSP e o caso transitou para a Judiciária.

O brutal ataque teve lugar pelas 20h00 de quinta-feira, numa paragem de autocarro na EN250, junto ao bairro do concelho de Loures. Determinado em pedir satisfações ao vizinho, e sabendo das suas rotinas, o homem fez-lhe uma espera.

Segundo o CM conseguiu apurar, o passageiro - um pintor da construção civil - terá dito à PSP que quando estava a chegar ao destino viu o rival na paragem e de imediato percebeu que ia haver problemas. Mal desceu do autocarro, os dois envolveram-se em agressões físicas.

Só que o pintor acabou por munir-se de uma faca que levava dentro da lancheira. Disse à polícia que agiu apenas para se defender, mas acabou por esventrar o vizinho. Quando este procurou fugir, ainda foi espetado nas costas. O agressor tornou-se vítima e refugiou-se dentro da casa de um familiar, perto do local das agressões. As autoridades foram alertadas e o pintor acabou detido. A arma e a roupa que usava foram apreendidas. O ferido estava ontem internado no hospital.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)