Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Sai em precária e assalta bancos

Estava a gozar uma saída precária de uma semana da prisão, onde cumpre pena por roubos, e decidiu voltar ao crime. No espaço de duas horas assaltou dois bancos, um dos quais na forma consumada, em Vila Nova de Gaia. Foi detido anteontem pela PJ do Porto.
30 de Junho de 2012 às 01:00
Homem, armado com uma pistola, assaltou Caixa de Crédito Agrícola de Gaia no passado dia 25
Homem, armado com uma pistola, assaltou Caixa de Crédito Agrícola de Gaia no passado dia 25 FOTO: Eduardo Martins

O homem, de 43 anos, saiu no passado dia 21 da cadeia de Paços de Ferreira – onde cumpre 12 anos de prisão por roubos a bombas de combustível e bancos – para sete dias de liberdade.

Mas, na passada segunda-feira, dia 25, às 13h10, munido de uma pistola, entrou no Banco Popular em Santo Ovídio, Vila Nova de Gaia. Estava pronto para assaltar, mas o empregado não tinha dinheiro.

Saiu e, às 14h45, foi à Caixa de Crédito Agrícola da avenida da República, também em Gaia, numa altura em que lá estavam vários funcionários e uma cliente. Com boné, óculos de sol e a pistola avisou que era um assalto e atirou um saco para o encherem com dinheiro. As vítimas puseram notas de 10, 20 e 50 euros, num total de 1430 euros. Vários moradores perseguiram o ladrão, que, durante a fuga, escorregou – quando estava nas traseiras do El Corte Inglés – e perdeu o saco do dinheiro. O recluso foi ontem presente ao tribunal.

precária assalta detido banco
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)