Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Salão paroquial vandalizado em Paços de Ferreira

Foram escritas várias mensagens tendo por destinatário o padre da freguesia.
Ana Silva Monteiro 31 de Maio de 2018 às 02:17
Paredes vandalizadas
Paredes vandalizadas FOTO: Direitos Reservados
As paredes do salão paroquial de Raimonda, no concelho de Paços de Ferreira, foram vandalizadas na noite desta quarta-feira, com várias mensagens pintadas tendo por destinatário o padre da freguesia. Em causa, estará um espaço que a paróquia cedeu para a construção de um posto de bombas de gasolina.

"Fiquei surpreendido com a situação. Na sexta-feira, fizemos uma reunião com os habitantes da freguesia, onde lhes foi dito o que ia ser construído naquele espaço. Ninguém se mostrou indignado, até porque o valor da renda das bombas de gasolina vai reverter para a construção e manutenção de um lar", esclareceu ao CM o padre Manuel Brito.

O local, agora destinado à construção de um posto de abastecimento de combustíveis, antes estava ‘reservado’ para os mais pequenos. Poderá ser essa a origem da revolta de quem vandalizou as paredes do salão paroquial, já que numa das frases é possível ler-se: "Onde brincam as crianças".

"Há dois anos acabou-se com o rinque para os mais pequenos e o espaço ficou livre para se construir outra coisa. Na altura, segundo o que sei, aquilo estava constantemente danificado e era necessário uma manutenção constante", contou Jocelino Moreira, presidente da Junta de Freguesia de Raimonda.

A paróquia não sabe quem vandalizou as paredes do salão paroquial. "Não fazemos ideia e, para já, ainda não apresentámos queixa, pois essa é uma decisão que não depende só de mim", concluiu o padre.
questões sociais Manuel Brito padre Paços de Ferreira Raimonda
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)