Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Saldos nos medicamentos

As farmácias vão poder fazer, em breve, promoções de medicamentos. Os descontos vão ser permitidos, segundo explicou o ministro Correia de Campos na entrevista ao programa da Rádio Renascença ‘Diga lá, Excelência’, ao abrigo do Estatuto do Medicamento, que prevê a existência de um preço máximo a partir do qual os preços podem descer.
20 de Março de 2006 às 00:00
O Ministro vai aprovar em breve o Estatuto do Medicamento
O Ministro vai aprovar em breve o Estatuto do Medicamento FOTO: Pedro Catarino
O ministro da Saúde prometeu ainda surpresas na área das farmácias. Sem querer desvendar mais, impedido, segundo explicou, por “compromissos de cavalheiros”, Correia de Campos falou na existência de “acordos importantes em alguns pontos”, nomeadamente a liberalização da propriedade das farmácias, não excluindo a possibilidade de entendimento com a Associação Nacional das Farmácias.
Quando questionado sobre o aborto, o ministro recordou o compromisso do Governo de colocar este tema na agenda política e avançou que, no prazo de seis meses, será dado início ao debate que pretende antecipar a realização de um referendo nacional.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)