Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Salvos de naufrágio

Um casal inglês e as duas filhas menores foram ontem resgatados do mar depois de o veleiro em que seguiam se ter avariado próximo de uma zona de rochas, a norte do Cabo Carvoeiro.
7 de Setembro de 2007 às 00:19
O barco – que ficou à deriva pelas 13h00 – enviou um pedido de socorro que foi ouvido pela tripulação de uma lancha da Brigada Fiscal no porto de Peniche.
De imediato zarpou em direcção ao veleiro, encontrado pouco depois “um quilómetro a norte do Cabo Carvoeiro, numa zona perigosa e a aproximar-se das rochas”, explicou o major Costa Pinto, da Brigada Fiscal.
A bordo estavam duas menores gémeas, de dez anos, filhas do casal, de 49 e 45 anos, de nacionalidade inglesa, que já estariam a entrar em pânico face ao naufrágio iminente.
Os militares procederam ao salvamento da família e ao reboque da embarcação para o porto de Peniche. Os tripulantes “estão todos bem” e “não sofreram quaisquer ferimentos”.
O veleiro, de nome ‘Gi Faw’, está registado em Maldon, Inglaterra, e a família estaria de passagem por Portugal numa viagem de férias.
Questionado sobre o facto de ter sido a Brigada Fiscal a fazer o resgate e não a Polícia Marítima – como é habitual –, Costa Pinto explicou: “Estávamos perante uma situação em que havia vidas em risco, essa foi a nossa prioridade”. Sublinhando o facto de o alerta ter sido recebido através de um canal aberto, o major reafirmou: “A nossa função é salvar”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)