Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Santa Maria garante ter oferecido apoio psicológico

A direcção clínica do Hospital Santa Maria (Lisboa) veio esta quinta-feira garantir publicamente que a jovem de 17 anos violada na terça-feira e que teve de esperar 12 horas para ser examinada, recusou o apoio psicológico oferecido pela unidade de saúde.
20 de Agosto de 2009 às 11:24
Hospital Santa Maria
Hospital Santa Maria FOTO: Pedro Catarino

Foi assim que os responsáveis clínicos do hospital de Lisboa reagiram às declarações do pai da menor, que denunciou o caso, e que tinha alegado não ter sido prestado qualquer apoio psicológico à filha. Entretanto, a direcção-clínica afirmou continuar disponível para prestar esse apoio.

 

Daniel Sampaio, coordenador do Serviço de Psiquiatria do hospital, realçou que é comum as vítimas deste tipo de agressão recusarem falar de imediato sobre o drama por que passaram.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)