Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

“Se não desse anel ficava sem o dedo”

Uma mulher de 61 anos, de nacionalidade francesa, médica e a viver em Portugal há dois anos, foi surpreendida por um ladrão que a agrediu, a ameaçou com uma faca e a sequestrou dentro de casa, na avenida Vasco da Gama, em Arcozelo, Vila Nova de Gaia, ontem pelas 11h30.
10 de Agosto de 2011 às 00:56

"Eu estava dentro do quarto e ele apareceu de repente e deu-me logo um murro. Eu comecei a gritar e ele apontou-me uma faca ao pescoço e pediu para me calar", contou ao CM a médica, ainda assustada. O ladrão obrigou a mulher a dar-lhe um anel de ouro que tinha no dedo e de seguida trancou-a no quarto. "Dei-lhe o anel porque ele disse que me arrancava o dedo. Depois trancou-me e fugiu." Segundo o relato da vítima, o homem teria 25 a 30 anos e estava muito alterado, pelo que devia procurar dinheiro para droga. "Eu tinha imensa coisa em casa que ele podia roubar, até dinheiro à vista, e ele só levou o anel", explicou a mulher. A vítima conseguiu sair do quarto através de uma portada e foi pedir ajuda aos vizinhos. A GNR investiga.

ASSALTO LADRÃO GAIA GNR
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)