Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Se não fosse a minha irmã teria morrido

Orlando Medina garante que, na quarta-feira à noite, foi a irmã que o salvou de ser esmagado pelo jipe desgovernado que derrubou um dos depósitos de combustível das bombas da BP do IC20, sentido Costa de Caparica/Almada.
21 de Abril de 2007 às 00:00
Orlando Medina
Orlando Medina FOTO: Vítor Mota
Após uma festa com amigos na Charneca de Caparica, Almada, Orlando voltou para casa com a irmã.
“Parámos nas bombas da BP do IC20, sentido Caparica/Almada. Eu fiquei a pôr gasolina, enquanto a minha irmã foi pagar”, recordou o condutor.
Depois de abastecer o depósito, Orlando esperou um pouco no exterior pela irmã. De costas para a entrada das bombas, nem reparou na trajectória desgovernada de um jipe. “Se não fosse a minha irmã teria morrido. Entrei no carro e ele veio chocar contra as traseiras do nosso carro”, recordou Orlando Medina.
O condutor do jipe, residente em Setúbal, acabou por ser detido pela PSP de Almada que, tal como o CM noticiou ontem, lhe detectou 1,79 gramas de álcool por litro de sangue, taxa-crime que dá detenção.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)