Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Sé vai dar tudo para ganhar

As rusgas de S. João do Porto são uma tradição que a freguesia da Sé faz questão de tornar no maior espectáculo de rua em que participa. "O Porto nasceu aqui e vamos mostrar o que vale a Sé", gritavam os homens, no ensaio.
17 de Junho de 2010 às 00:30
Os ensaios, no largo da Sé, sempre muito participados, são levados a sério por todos os intervenientes
Os ensaios, no largo da Sé, sempre muito participados, são levados a sério por todos os intervenientes FOTO: Daniel Rodrigues

No meio das 300 pessoas que este ano participam encontra-se Elisa Pereira, de 69 anos, que é a mais antiga moradora do bairro da Sé, nascida e criada na casa onde Manoel de Oliveira gravou cenas do seu célebre filme ‘Aniki Bóbó’, em 1942. "Aqui na Sé temos muita garra. Uma vez, um homem até morreu com a felicidade de termos ganho", recordou a moradora ao CM.

Muitos dos participantes já não vivem na zona, mas têm necessidade de defender as suas origens. "Se não vier fico doente, é um bichinho que tenho, e já não moro aqui há muitos anos", adiantou Irene Alves, cuja irmã vem todos os anos de Lisboa para cumprir a tradição.

A feira da Vandoma será o tema deste ano e só se pensa na vitória. "Vamos ganhar, tenho a certeza. Até saímos em último para as pessoas não irem embora atrás de nós", confessou António Pinto, responsável pela rusga da Sé.

Esta tradição passa de pais para filhos, com o espírito vencedor e genuinidade do povo da Sé.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)