Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Seca afecta todo o País

Todo o território de Portugal Continental está afectado pela seca e mais de metade do País está em condição severa ou extrema. O Interior Norte, a região de Castelo Branco e toda a zona central do País são as mais afectadas, correspondendo a 66 por cento do território. Apenas a Região do Algarve se encontra em seca fraca. O restante território apresenta-se em seca moderada.
10 de Junho de 2009 às 00:30
As albufeiras estão com pouca água em praticamente todo o País
As albufeiras estão com pouca água em praticamente todo o País FOTO: Alexandra Silva

As temperaturas elevadas registadas no início e no final do mês transformaram Maio no mais quente dos últimos três anos. De 2 a 8 de Maio registou-se a primeira onda de calor do mês. Évora e Miranda do Douro foram as cidades mais quentes: os dias de calor prolongaram-se por oito dias. Em Beja, Bragança e Figueira de Castelo Rodrigo, a onda de calor teve a duração de sete dias.

A partir do dia 28, refere o relatório climatológico do Instituto de Meteorologia, iniciou-se a segunda onda de calor que, em muitos locais do Interior, ainda prosseguia no final do mês.

Em relação à precipitação verificada em Maio, a média foi bastante inferior à média registada no período de referência, de 1971 a 2000. Maio foi, por isso, um mês seco a muito seco, conforme consta no relatório do Instituto de Meteorologia.

Apesar de os valores serem muito inferiores, estes ainda não se reflectem nas capacidades das albufeiras. Mesmo assim, as bacias hidrográficas registam valores muito inferiores à média mensal em anos anteriores.

DOURO, ARADE E SADO À MÍNGUA

Maio foi um mês arrasador para as reservas hídricas do País, provocando, em relação a Abril, a descida do valor médio em oito bacias hidrográficas e a subida em apenas quatro. Devido a um mês muito seco, mais de metade do País apresenta-se em seca extrema. Douro, Arade e Sado foram as bacias com maiores quebras, registando, respectivamente, descidas de 6,1, 4,8 e 4 por cento.

Quando comparado com a média registada entre os anos hidrológicos de 1990/91 a 2007/08, apenas Guadiana e as Ribeiras do Algarve (Barlavento) apresentam valores superiores.

O MAIO MAIS QUENTE DOS ÚLTIMOS 3 ANOS

Os valores da temperatura média registados em Maio foram 1,4 graus mais quentes do que a média verificada em Maio durante o período de referência (entre 1971 e 2000). É o Maio mais quente dos últimos três anos, segundo os dados do Instituto de Meteorologia. Já Maio de 2008 foi um mês bastante irregular, com temperaturas máximas 1,5 graus inferiores aos valores médios de referência.

Devido à forte precipitação, Maio do último ano marcou, inclusive, o final de um período de seca em todo o País, iniciado em Outubro de 2007. A média da quantidade de precipitação em Portugal Continental esteve ligeiramente acima do valor médio, sendo o Maio mais chuvoso do século XXI. Em 2007, os valores da temperatura média de Maio foram 0,5 a 1 graus superiores à média nos anos de referência, de 1961 a 1990.

SAIBA MAIS

BATATA-DOCE

Maio é mês de plantar batata--doce, de colher fava e de ceifar as cevadas, aveias e trigos precoces.

2002

ano de conclusão da Barragem de Alqueva, o maior lago artificial da Europa, estendendo-se ao longo de 80 quilómetros.

1951

ano em que ficou concluída a Barragem de Castelo de Bode, que abastece a Região de Lisboa.

TABERNAS

A região de Tabernas, Almería (Sul de Espanha) é a única zona semidesértica da Europa. Foi palco de filmes western.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)