Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Seduz criança e fotografa sexo

Homem detido por abusar de menina de 13 anos que fugiu de casa.
Sérgio A. Vitorino 8 de Outubro de 2016 às 01:45
Abusos Sexuais
Abusos Sexuais FOTO: Getty Images
O homem de 37 anos que passou 22 dias a dar guarida e a abusar sexualmente de uma menina de 13 foragida de casa, em Corroios, Seixal, fez fotografias dos atos sexuais com a criança. Foi detido quinta-feira pela PJ de Setúbal, que após meses de investigação reuniu prova material dos abusos sobre a menor. Perícias ao computador do suspeito vão tentar apurar se as imagens de sexo foram partilhadas.

Tal como o CM noticiou na altura, a criança saiu a 15 de fevereiro de casa em direção à escola, mas foi viver para o apartamento do homem, em Setúbal. Conheceram-se na rede social Facebook. Ela mentiu-lhe sobre a idade, mas o homem percebeu que estava com uma menor que fugira e que era procurada. Ainda assim, "viveram como namorados".

No final da primeira semana de março, o homem levou a menor para um "passeio" ao centro do País. Na realidade, o abusador tentava fugir à pressão criada pela investigação da PJ de Setúbal e pelas notícias do CM. Foi até confrontado por uma ex-companheira, que reconheceu a menor nas notícias como sendo a que vivia com o homem. A menina acabou localizada pela PJ em Lisboa, no dia 8 de março.

O homem foi identificado, mas a menor nem sabia o seu nome completo, apenas a morada. A PJ teve de reunir prova concreta para avançar com a detenção.

Na quinta-feira, confessou ter tido sexo com a menor e a PJ encontrou as imagens de sexo no seu computador. Ouvido ontem por um juiz no Tribunal de Almada, saiu em liberdade.
Corroios Seixal PJ Setúbal Lisboa Tribunal de Almada sexo menor
Ver comentários