Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

SEF fiscaliza diversão nocturna

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) desencadeou, na madrugada de ontem, uma operação de fiscalização a estabelecimentos de diversão nocturna e similares em toda a região algarvia, no âmbito da qual dezassete cidadãs estrangeiras foram detidas por permanência ilegal em território nacional.
6 de Maio de 2007 às 00:00
Agentes do SEF detectaram mão-de-obra ilegal na'noite' algarvia
Agentes do SEF detectaram mão-de-obra ilegal na'noite' algarvia FOTO: Sérgio Lemos
A acção do SEF envolveu um total de cerca de 40 operacionais daquele serviço, que fiscalizaram catorze estabelecimentos de diversão nocturna em Silves, Lagos, Portimão, Tavira e Faro. Foram instaurados cinco processos de contra-ordenação a entidades empregadoras respeitantes a 13 infracções por emprego de mão-de-obra ilegal. O valor das coimas ainda está a ser contabilizado, mas o SEF adianta que será avultado.
Durante a operação foi ainda identificada uma pessoa sob a qual pendia um pedido de paradeiro judicial e notificados três cidadãos estrangeiros já alvo de processo de expulsão. As dezassete cidadãs estrangeiras detidas foram ontem de manhã presentes aos tribunais de Faro, a maioria, de Tavira e de Portimão, para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coacção.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)