Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

SEF QUER MELHORAR INTERVENÇÃO

O novo director-geral do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), Gabriel Catarino, defendeu, ontem, o aperfeiçoamento do quadro legal existente, com vista a melhorar a capacidade de intervenção daquele serviço.
17 de Outubro de 2003 às 00:00
"O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras tem que estar entre os órgãos que têm competência para coordenar e regular o combate ao fenómeno da criminalidade associada à imigração ilegal", defendeu, após a cerimónia de posse, que decorreu no Ministério da Administração Interna, em Lisboa, Gabriel Catarino, para quem a acção do SEF não deve ser feita à compita com a PJ, mas dentro da mais estreita e profícua colaboração.
Quanto às carências com que o SEF se debate, deixou a garantia do seu empenhamento para que "os serviços atinjam condições de trabalho compatíveis com a dignidade de quem o executa".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)