Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Segurança e polícia baleados

David Almeida, agente da PSP, 50 anos, foi baleado, juntamente com um segurança, 24 anos, quando tentava impedir um assalto à loja de bicicletas do Edifício Transparente, na Via do Castelo do Queijo, Matosinhos.
4 de Novembro de 2011 às 01:00
A loja, no Edifício Transparente, foi roubada durante a madrugada
A loja, no Edifício Transparente, foi roubada durante a madrugada FOTO: Pedro Lourenço Ferreira

Os quatro autores do assalto, que ocorreu na madrugada de ontem, dispararam quando já estavam em fuga e ainda não foram encontrados. As vítimas estão estáveis, internadas em hospitais da cidade, mas o vigilante corre o risco de perder a visão.

Os ladrões usaram paralelos para partir a porta da Bike Zone. O alvo eram as bicicletas expostas, que podem custar milhares de euros. No entanto, o barulho alertou o único segurança do Edifício Transparente, que se deslocou ao estabelecimento. Ao mesmo tempo, um carro--patrulha da PSP passava no local, e David Almeida, que se apercebeu do assalto, decidiu intervir. O polícia e o segurança conseguiram afastar os ladrões, que apenas levaram vários pares de óculos. Os quatro encapuzados puseram-se em fuga, de carro e a alta velocidade, mas um deles abriu o vidro e, com uma caçadeira, efectuou vários disparos. David acabou por ser atingido, mas não corre risco de vida. Por precaução, continua internado no Hospital de Santo António, no Porto.

O jovem segurança ficou ferido com gravidade nos olhos e corre o risco de perder a visão. Ao que o CM conseguiu apurar, a vítima foi operada ao final da tarde de ontem, no Hospital de São João, e continua internada na Unidade de Oftalmologia.

Em duas semanas, este foi o segundo assalto à Bike Zone. Da primeira vez, os ladrões levaram duas bicicletas que podem valer milhares de euros, um pouco mais que as centenas que valem os óculos roubados ontem. As imagens captadas pelas câmaras de vigilância do estabelecimento foram entregues à PJ do Porto, que investiga o caso.

ALVEJADO EM ASSALTO VIOLENTO

No final de Agosto, Manuel Abreu foi baleado na barriga enquanto fazia segurança a uma fábrica de móveis em Valongo. O vigilante apanhou dois assaltantes a roubar barras de alumínio. Armado de caçadeira, desferiu uma violenta coronhada num deles, deixando-o inconsciente. Ao aperceber-se da situação, o segundo ladrão não hesitou e disparou contra o segurança. Quando as autoridades policiais chegaram ao local, o autor do disparo já tinha fugido, e os dois feridos foram para o Hospital de São João.

JOVEM OPERADO DE URGÊNCIA

O segurança baleado está internado no Hospital de São João na Unidade de Oftalmologia. Os médicos conseguiram remover os chumbos alojados em ambos os olhos, mas o jovem, de 24 anos, corre o risco de perder totalmente a visão. Ao que o CM conseguiu saber, o vigilante foi operado de urgência ainda ontem, ao final da tarde, mas não são conhecidos os resultados dessa intervenção. O segurança também sofreu ferimentos por todo o corpo.

MATOSINHOS ASSALTO LOJA BICICLETAS SEGURANÇA POLÍCIA HOSPITAL
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)