Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Seis arguidos por fraude fiscal

Seis pessoas foram constituídas arguidas por suspeitas de fraude fiscal qualificada, eventual associação criminosa e branqueamento de fraude na sequência de uma operação da Polícia Judiciária (PJ).
18 de Novembro de 2010 às 13:54
Operação coordenada pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ
Operação coordenada pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ FOTO: Tiago Sousa Dias

Segundo comunicado da PJ, os arguidos importavam electrodomésticos “fazendo constar falsamente da sua contabilidade facturas de empresas do grupo, respeitantes à aquisição de mercadoria e a valores de IVA que, efectivamente, não suportaram”.

Inseridos numa rede organizada, com carácter transnacional, através da emissão de facturação falsa, e utilizando empresas de fachada e testas de ferro, os arguidos lesaram o Estado em mais de dez milhões de euros, em três anos, de acordo com os valores já apurados.

Na quarta-feira, realizaram-se 31 buscas simultâneas, em praticamente todo o território nacional, nas quais estiveram envolvidos 105 elementos, de três departamentos da PJ, da área de Lisboa, da Direcção Geral dos Impostos/ Direcção de Serviços e Investigação da Fraude e Acções Especiais e da Direcção Geral de Informática e Apoio aos Serviços Tributários e Aduaneiros. A operação foi coordenada pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção.

PJ fraude buscas
Ver comentários