Seis homens acusados de mais de 170 mil crimes de pornografia de menores

Arguidos colocavam e divulgavam imagens e vídeos de crianças.
12.02.18
O Ministério Público requereu o julgamento em tribunal coletivo de seis arguidos, pela prática de mais de 170 mil crimes de pornografia de menores agravados, segundo uma nota da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

Segundo a nota, ficou indiciado que seis arguidos, todos do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 29 e os 47 anos, continham nos seus computadores milhares de ficheiros, contendo vídeos e imagens de abusos sexuais de crianças, com idades inferiores a catorze anos.

Alguns ficheiros continham imagens de crianças recém-nascidas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!