Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Seis mil funcionários gozam tolerância

Onze das 16 câmaras do Algarve vão dar tolerância de ponto no dia de Carnaval, não seguindo o exemplo do Governo. A medida permitirá que mais de seis mil funcionários possam gozar folga, número que incluiu os trabalhadores camarários afectos às escolas, segundo apurou o CM.

18 de Fevereiro de 2012 às 01:00
Carnaval, algarve, câmaras, tolerância

As únicas autarquias que irão funcionar são as de Faro, Alcoutim, Albufeira, Olhão e São Brás de Alportel, embora estas duas últimas tenham decidido permitir que os funcionários saiam mais cedo.

"Esta é uma oportunidade para as pessoas descomprimirem e recarregarem baterias, nestes tempos de dificuldades", diz Seruca Emídio, presidente da Câmara de Loulé, que afirma compreender o Governo. Loulé é, aliás, o concelho algarvio com maior tradição carnavalesca, esperando este ano cerca de 60 mil visitantes.

Em Lagos, a decisão de dar tolerância de ponto é justificada com a tradição dos festejos carnavalescos no concelho e o investimento realizado pelas entidades organizadores. A autarquia diz ainda que "é expectável que a frequência de público aos serviços centrais seja nula ou especialmente reduzida".

Em Lagoa, a Câmara explica que não faria sentido ter apoiado com 20 mil euros os eventos carnavalescos das associações e depois não dar tolerância de ponto aos funcionários para participarem nos eventos.

Carnaval algarve câmaras tolerância
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)