Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Sem-abrigo usam baralho de cartas para furtar parquímetros em Lisboa

Objetivo era para bloquear ranhura e sacar moedas.
João Tavares 30 de Agosto de 2019 às 08:38
Detidos usavam cartas de jogar para introduzir nas ranhuras dos parquímetros e assim conseguirem furtar as moedas
parquimetro
Parquímetros da EMEL
Detidos usavam cartas de jogar para introduzir nas ranhuras dos parquímetros e assim conseguirem furtar as moedas
parquimetro
Parquímetros da EMEL
Detidos usavam cartas de jogar para introduzir nas ranhuras dos parquímetros e assim conseguirem furtar as moedas
parquimetro
Parquímetros da EMEL
Os dois amigos, de 23 e 30 anos, sem-abrigo, andavam sempre com um baralho de cartas no bolso. Contudo, não era para jogarem um contra o outro, mas sim para furtar moedas nos parquímetros na zona do Centro Comercial Fonte Nova, em Lisboa.

Dobravam uma carta, inseriam-na na ranhura, impedindo as moedas de cair. Depois, empurrando a carta ou usando um pequeno arame, sacavam as moedas. Foram apanhados esta quinta-feira com 11,90 euros no bolso. Foram detidos pela PSP.

A interceção dos ladrões foi feita em flagrante. Um aproximou-se de um parquímetro na rua António Saúde, nas traseiras da pastelaria Califa, e sacou as moedas que ficaram presas. Quando este se afastou, aproximou-se o cúmplice, que ‘armadilhou’ o aparelho com mais uma carta. Foi então que foram travados pela PSP. Acabaram por admitir que faziam daquele esquema modo de vida há cerca de dois meses. Um deles tinha um baralho no bolso. Duas das cartas já estavam dobradas.

Acredita-se que os ladrões estivessem a fazer uma ronda aos parquímetros da zona. Muitos condutores acabaram lesados neste modo de atuação, já que inseriam a moeda mas não recebiam o ticket de estacionamento. Por pensarem que o aparelho estava avariado, acabavam por ir embora. Alguns acabaram por denunciar a situação.

Sabendo das queixas, uma patrulha da PSP achou estranha a movimentação dos homens e seguiu-os. Ambos moravam na zona, nas arcadas de um prédio na Estrada de Benfica.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)