Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Homem sequestra família durante nove horas em Évora

Cadastrado atraiu ex-mulher e os três filhos à casa onde reside.
Miguel Curado 22 de Novembro de 2019 às 08:21
Violência doméstica
Vítima de violência doméstica
Violência doméstica
Vítima de violência doméstica
Violência doméstica
Vítima de violência doméstica
Um homem de 36 anos foi preso pela Unidade Nacional de Contraterrorismo (UNCT) da PJ, em Évora, por ter mantido a ex-mulher e os três filhos sequestrados durante cerca de nove horas.

O detido tem antecedentes. Além de ter estado preso por violência doméstica, está a ser investigado por abusos sexuais à enteada, de 18 anos e deficiente. Esta investigação surgiu por queixa da mãe da vítima.

A separação, e a descoberta da queixa, terão levado o agressor a atrair a ex-companheira e os três filhos à casa onde vive, em Évora. As vítimas foram fechadas na casa pelas 23h00 de 9 de novembro.

A ex-mulher e a filha mais velha do sequestrador, de 13 anos, foram ameaçadas com uma faca e agredidas. Só com o receio da intervenção policial é que o homem libertou as vítimas, fazendo-o pelas 08h00 do dia seguinte (9 horas depois). A PJ de Évora iniciou a investigação, passando-a à UNCT por ser um crime de sequestro.

As vítimas foram alvo de medidas de proteção, tendo o sequestrador sido preso esta quinta-feira. Ficou em preventiva.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)