Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Sequestra professora após receber 70 mil euros

Falso milionário levou dois comparsas para assaltar mulher que já tinha entregue dinheiro.
Liliana Rodrigues 18 de Novembro de 2016 às 08:34
Professora de 58 anos foi surpreendida pelos burlões, que a manietaram e amordaçaram para a assaltar
Professora de 58 anos foi surpreendida pelos burlões, que a manietaram e amordaçaram para a assaltar FOTO: Secundino Cunha
Perito em burlas, em que fingia ser um empresário bem-sucedido e à espera de receber uma herança de milhões de euros, depositada em bancos suíços, o burlão conseguiu que uma professora de Famalicão lhe emprestasse 70 mil euros que nunca pagou.

Quando percebeu que a mulher, de 58 anos e com graves problemas de saúde, já não tinha dinheiro, decidiu assaltá-la: levou dois comparsas - um empresário e um comerciante falidos - que durante uma hora a manietaram e amordaçaram para roubar mil euros e várias peças de ouro.

O homejacking aconteceu a 10 de março em Brufe e na quarta-feira a Polícia Judiciária do Porto deteve os dois arguidos, que devem ser hoje presentes a tribunal para primeiro interrogatório judicial.

O mandante do crime - que está detido preventivamente depois de ter burlado uma empresária do Porto em milhares de euros - também foi constituído arguido.

O crime aconteceu à hora de almoço e nenhum vizinho se apercebeu quando a mulher foi surpreendida pelos assaltantes no logradouro da habitação. Chegaram à casa num Mercedes topo de gama que resultara de uma burla feita à empresária do Porto e que foi agora apreendido pela PJ.

O trio arrastou a mulher para a casa, amordaçou-a com fita-cola e manietou-a para roubar todos os valores que ainda possuía. Os arguidos agora detidos, de 42 e 51 anos, residem no Porto e em Vila Nova de Gaia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)