Sub-categorias

Notícia

Sequestrada e violada por causa de tradição

Jovem de 18 anos raptada, mantida em cativeiro e forçada a casar, por acordo dos pais.
Por Liliana Rodrigues|18.05.18
Uma jovem de 18 anos foi raptada, mantida em cativeiro, violada e forçada a mendigar depois de ter sido obrigada a casar com um homem, de 30 anos, em cumprimento de costume cigano, por acordo dos pais. A PJ do Porto libertou a vítima e deteve, em Coimbra e Aveiro, seis pessoas.

O caso teve início no verão passado. A jovem estava institucionalizada na área de Braga e os patriarcas de duas famílias, de Aveiro, acordaram a união matrimonial. O noivo estava preso, pelo que aproveitou-se uma saída precária do mesmo, no Natal, para se proceder ao rapto da jovem, que passava a época com outros familiares.

O pai da vítima, o noivo e mais dois cúmplices sequestraram-na, com violência, e levaram-na para Aveiro. Aí, seria obrigada a casar e a fazer vida comum com o presidiário, até meados de janeiro. Durante esse período, a jovem foi várias vezes violada. Até que o homem acabou por ser recapturado e reencaminhado para a cadeia.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!