Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Sequestrados no WC do café

"Foste roubado otário". A frase escrita na madrugada de ontem no livro de contas de um café marcou o adeus de quatro encapuzados armados que em duas horas levaram 3700 euros, tabaco e diversos artigos em ouro do Café Ambiente, em Grijó, Gaia. Tudo enquanto os proprietários, um casal de idosos, permanecia preso no quarto de banho.
26 de Março de 2008 às 00:30
Sobrinha considera que os assaltantes conhecem bem o tio
Sobrinha considera que os assaltantes conhecem bem o tio FOTO: António Rilo
Ao que o CM apurou, os assaltantes irromperam pelo café, cerca das 02h30, pela porta das traseiras, já os últimos clientes tinham saído e David Santos, de 68 anos, estava a fazer as contas do apuro do dia.
Ao que o CM apurou, os assaltantes irromperam pelo café, cerca das 02h30, pela porta das traseiras, já os últimos clientes tinham saído e David Santos, de 68 anos, estava a fazer as contas do apuro do dia."Dois saltaram o balcão e apontaram a pistola à minha tia, enquanto os outros agarraram o meu tio", explicou a sobrinha e empregada Gardina Leite. O grupo estroncou depois a máquina do tabaco com um pé de cabra e limpou a caixa registadora do estabelecimento que ali funciona há 25 anos, sem registo de anteriores assaltos. Até o telefone fixo, dois telemóveis e os documentos de identificação do casal foram levados.
A investida não se ficou pelo café. O grupo subiu até à habitação apoderando-se de anéis, pulseiras e fios em ouro, relógios e faqueiros em prata que, Dulce Morais, de 78 anos, havia guardado cuidadosamente nos vários móveis da residência com oito divisões.
"Acho que eram pessoas que conhecem bem o meu tio e a casa. Sabiam bem onde estava o ouro", acrescentou Gardina ainda intrigada com os contornos do roubo.
A GNR acabou por ser chamada por uma afilhada que mora perto do café. E a PJ também esteve no local, mas ontem à tarde, o proprietário continuava psicologicamente abalado e em descanso. A esposa não quis falar aos jornalistas.
NOTAS
COMERAM PÃO-DE-LÓ
Os quatro encapuzados não limitaram o seu interesse ao dinheiro e ao ouro. Durante o roubo não se esqueceram de provar o pão-de-ló e os chocalates que encontraram na residência.
DONO FICOU CHOCADO
David Santos teve de descansar, para mais tarde conseguir, mais calmo, falar com os inspectores da PJ. Ontem à tarde estava ainda abalado e a reviver o assalto violento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)