Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Setúbal: 20 anos de prisão para assassino de ourives (ACTUALIZADA)

Edivaldo Rodrigues, o principal suspeito do homicídio de um ourives de Setúbal, foi esta sexta-feira condenado a 20 anos de prisão pelo Tribunal de Setúbal.
16 de Outubro de 2009 às 17:56
Edivaldo Rodrigues condenado esta tarde
Edivaldo Rodrigues condenado esta tarde FOTO: A-agosto.com

O réu foi condenado a uma pena de 18 anos por homicídio qualificado e dois anos por roubo de forma tentada. Segundo o acórdão lido pela juíza Paula Sá Couto, Edivaldo Rodrigues terá ainda de pagar uma indemnização de 85 mil euros à família da vítima mortal, José Correia: para a viúva são 40 mil euros e 45 mil euros para os filhos.

"Ficou provado que o arguido foi, na companhia de Danilo Filho [o outro suspeito do crime, actualmente em fuga], à ourivesaria Bocage com o intuito de assaltar e, para tal muniu-se de uma arma de fogo. Ficou provado que foi o arguido quem se dirigiu ao balcão e apontou a arma a José Correia. E não há dúvidas de que foi o arguido quem efectuou dois disparos contra a cabeça da vítima quando esta accionou o alarme", resumiu a presidente do colectivo de juízes Paula Sá Couto.

"Previu o resultado da sua acção e quis tirar a vida a José Correia. E só não concretizou o roubo por circunstâncias alheias à sua vontade, no caso a reacção da vítima", reforçou a juíza-presidente.

Nas alegações finais, o Ministério Público pediu uma pena de 21 anos e a viúva de José Encarnação Correia de 25 anos.

Recorde-se que o crime aconteceu no dia 20 de Agosto de 2008 quando, numa tentativa de assalto, o alegado homicida disparou duas vezes contra o ourives, tendo este morrido.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)