Sindicato contra listra negra de clientes

O Sindicato de Hotelaria do Norte manifestou-se esta segunda-feira contra a criação de uma lista negra de clientes dos estabelecimentos nocturnos, considerando que se trataria de um precedente grave e uma medida anticonstitucional.
18.08.08
  • partilhe
  • 0
  • +
Sindicato contra listra negra de clientes
A proposta foi anunciada pelo ministro da Administração Interna, Rui Pereira Foto Sérgio Lemos

“O controlo de clientes das discotecas por parte dos patrões é um precedente grave, pondo em causa direitos, liberdades e garantias”, afirmou a estrutura sindical em comunicado.

Para o sindicato, aceitar este regime seria “dar credibilidade a propostas descabidas, desnecessárias e inconstitucionais”.

A hipótese de controlo dos clientes de estabelecimentos nocturnos foi avançada pelo ministro da Administração Interna, Rui Pereira, a 13 de Julho, adiantando que o Governo está a estudar um regime sancionatório para os frequentadores de discotecas que cometam actos ilícitos.

Se a medida avançar, o sindicato entende que o controlo “teria de ser feito pelas entidades policiais, como acontece aliás nas salas de jogo de fortuna e azar, e nunca pelos patrões”.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!